17 de abr de 2008

Xarás literárias

E não é que a bruxa Creuza tem uma xará? Bom, quase xará. Além do "s", a Creusa de "O pavão misterioso" faz parte de uma história muito diferente. Ela não chega a ser uma princesa, mas quase -- é a filha (lindíssima!) de um sultão valente (ou de um conde muito orgulhoso?), que vive isolada de tudo e todos, escondida num quarto da casa (ou palácio?) da familia. Diferente da bruxa Creuza, que sassarica o tempo todo, a personagem que a escritora Ana Maria Machado foi buscar na literatura de cordel não fala com ninguém, nem com os próprios criados.
De qualquer jeito, também tem muita magia na aventura dessa Creusa, que faz parte do terceiro volume das "Histórias à Brasileira", recontadas por Ana Maria e ilustradas por Odilon Moraes (Companhia das Letrinhas).
Não sei de mais nenhuma Creuza, com "s" ou "z", na literatura infantil. Também não consegui lembrar de outros xarás literários. Só mesmo "João", e nesse caso tem até mais de dois: o do pé de feijão, o irmão da Maria e o João Pequeno, companheiro do Robin Hood. Alguém lembra de outros personagens-xarás?
(Silvana Tavano)
Postar um comentário