2 de fev de 2011

Febre

...
"Então, os olhos da vó Delma resolveram olhar pra dentro e entraram na cabeça. 
No início, estavam cheios de expectativa, achando que iam tropeçar numa grande surpresa a qualquer momento. Mas depois de explorar todos os cantos daquele espaço oco e redondo sem que nada acontecesse, os olhos foram perdendo o brilho e o entusiasmo. Durante algum tempo ficaram murchinhos, perambulando sem foco, esquecidos do que tinham ido procurar lá dentro."
...
Hoje eu me senti exatamente assim: um "desenho desanimado", como a personagem do livro "O Mistério da Gaveta".

(ST)

Nenhum comentário: