9 de fev de 2011

As reflexões do espelho

E nos bastidores da história... 

Xi, lá vem ela.
Não falha um dia, é impressionante!
Será que não cansa de ouvir que é a mais bela, a mais isso e aquilo?
Todo dia a mesma perguntinha irritante: “Espelho, espelho meu, existe alguém mais.... E blábláblá!”
Fala sério. Não posso mentir, meu reflexo mostra a formosura da pele, o brilho dos cabelos, a harmonia dos traços. Ok, você é bonitona mesmo. Mas será que não se manca que tamanha vaidade não é digna da verdadeira essência da beleza? Sou um espelho mágico, é verdade. Apesar disso, não dá pra levar esse papo a fundo. Sabe como é, tenho as minhas limitações dentro do roteiro. É por isso que não vejo a hora dessa história andar: só então vou poder falar da outra, a mais-mais bela!
Vai ser um drama daqueles, mas, convenhamos, essa bruxa anda precisando de um choque de realidade. Paciência tem limite até no mundo da fantasia.

(ST)

Um comentário:

javierjudas disse...

Essa história me lembrou de quando eu estava para nascer Deus me perguntou : "Você quer ser bonito ou quer ter boa memória"?
... lembro disso até hoje!

Bom te ler Silvana.

beijo