23 de jun de 2010

É assim

Você tá brigando comigo.
Não, não estou.
Tá. Olha o jeito que você tá falando.
Que jeito?
Esse jeito.
Dá pra explicar melhor?
Tá vendo? Você nem percebe.
?
É esse seu jeito italiano.
Como assim?
A voz vai subindo.
Vou prestar atenção.
E as mãos se mexem demais, a boca entorta.
Agora complicou.
É isso. Mãe, você é muito italiana!
E você é muito adolescente!
Viu? Já tá brigando comigo.

...
Acho que não sei falar adolescentês.

(ST)

7 comentários:

Denise Portes disse...

Silvana,
Também não sei adolescentês.
Juro que eu me esforço muito pra aprender.
Beijo
Denise

Janette disse...

Nossa, ouço esse papo todos os dias... E sou menos italiana que você!
Bjs
Pi

Silvana Tavano disse...

Janette: como assim, "menos"?
Temos o mesmo pai e a mesma mãe!
...
Acho que vou voltar pra terapia, rsrs.

Maria Jose disse...

Não se preocupe: não-italianas também sofrem do mesmo mal!
Z

Silvana Tavano disse...

Zezé, é por essas e outras que não me atrevo a escrever pra adolescentes. Difícil!!!!

Anônimo disse...

Adolescente ou não, só amor de filho arranja desculpa pra nossos momentos de braveza enlouquecida...
beijo
may

Anônimo disse...

Oi cunhada, fico lembrando de quando eu era adolescente, e tudo me incomodava, até mesmo a mamãe falando comigo,e ela nem era italiana. Não liga não, é assim mesmo. beijos Maysa