8 de jun de 2010

Amigas

Amizade, pra mim, sempre foi uma coisa muito séria. Sou do tipo que telefona só pra dizer oi, invento programa, trabalho e todo tipo de assunto pra colocar na roda. Por conta disso, tenho muitas amigas queridas de anos, e sigo fazendo novas "amigas de infância" que vão se entrelaçando nessa rede de afeto que só cresce. Eu já tinha certa simpatia pelas baleias, mas ontem, lendo a Folha.com, fiquei com vontade de inventar uma história -- a do encontro anual das baleias-jubarte, no golfo de São Lourenço, na costa do Canadá. Com técnicas especiais de identificação, os pesquisadores acompanharam uma turma durante seis anos e descobriram que são sempre as mesmas fêmeas que comparecem para comer e nadar juntas, depois de um ano afastadas, cada qual cuidando da própria vida. Os cientistas concluíram que elas formam laços duradouros de amizade, os mesmos com que amarro a minha rede.

(ST)
Postar um comentário