5 de abr de 2010

Fim do mistério


Depois que comecei a colocar mamão e banana no parapeito, minha janela virou um drive-thru concorrido. Agora são tantos passarinhos o tempo todo que já não sei mais quem é quem. Mas acho que esse é o tal, o grandão que vinha todo dia, mesmo sem lanche. Hoje cedo ele passou um tempão degustando, deu pra fotografar e escolher a melhor pose -- é um sabiá, né? Pra quem não acompanhou a história do rouxinol, é só clicar aqui, aqui e mais aqui.

(ST)

3 comentários:

Soraia Moraes disse...

eu bem que estava desconfiada.
bjs.

Denise Portes disse...

Silvana
Um lindo sabiá!
O que ele fez foi convidar vários amigos pra esse banquete que você proporciounou rsrs
Um beijo
Denise

Silvana Tavano disse...

pois é, meninas, era mais "romântico" achar que o visitante era um rouxinol, mas o meu sabiá é uma lindeza, não é? O melhor é que, por conta dessa história, agora tenho visita de passarinho de todo tipo e o tempo todo. Tô vendo a hora em que vou ter que distribuir senha pra organizar o recreio da turma.
beijos!