22 de abr de 2010

Outro dicionário

Tem dias que acordo com uma palavra na cabeça. A de hoje é "mistério". Como sempre faço, esperei um tempo pra ver o que ela queria me contar. Mas o mistério não encaixou em nenhuma frase, não soprou uma história e nem se revelou em poesia. Continuou sendo mistério enquanto eu tomava banho, depois mudou o gosto do café, apareceu dançando no meio da página do jornal, só uma palavra se dizendo, clara e forte. Hoje foi assim: a palavra mistério me contou tudo sobre ela mesma.

(ST)
Postar um comentário