26 de nov de 2010

Felicidade

Presa num vaso de barro
Perto da parede amarela
A árvore se estica até o teto
Só pra olhar pela janela

(ST)

3 comentários:

Eunícia disse...

Obrigado por me fazer sorrir. Daqui do Rio de Janeiro, onde as pessoas estão com medo de chegar à janela.

Silvana Tavano disse...

Eunícia, estou (acho que todo mundo está) acompanhando tudo e torcendo pra essa ação tão violenta funcionar.
É uma guerra e tá muito perto da gente, não tem como não sentir muito medo. Ao mesmo tempo -- e espero não estar enganada -- dessa vez as coisas estão diferentes, não? Ontem na televisão, ouvi muitos cariocas elogiando e apoiando a iniciativa das autoridades. Temos que torcer pra coisa não parar por aí -- na "tomada de território" --, mas ter sequência com projetos bacanas. Contra a bandidagem só educação e chances reais pra todo mundo, concorda?
beijo

Beatriz disse...

Oi Silvana
Adoro passar por aqui e ver suas cronicas...acalmam...
Realmente, mesmo sendo carioca e morando longe, precisamos de um pouco e calma e dar crédito para que dessa vez dê certo!
Adorei também a da "tempestade", daqui da janela as nuvens parecem mesmo brigar!
Beijinhos,
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com