10 de nov de 2010

Chove chuva e passarinho


Cheguei no finzinho da tarde e já ia abrir a janela pra retirar as frutas da manhã quando esses dois sanhaços apareceram. Nem a ameaça de tempestade nem a árvore chicoteando o vidro espantaram a dupla de cima do melão. E quando achei que a farra estava terminando, apareceram mais dois pra ajudar a dar cabo da outra fatia.
 

Parece que a chuvinha abriu o apetite da turma.

(ST)

3 comentários:

Leda Lucas disse...

Experiência digna de nota; não?!
Eu tive uma experiência na manhã do mesmo dia (quarta-feira, 10/11), muito intensa, mas tensa.
Diante da janela da sala tem um parquinho infantil com várias árvores. A gente vem acompanhando na cidade uma infinidade de cantos dos bem-te-vis. Acompanhei de ouvido seus cantos e intuí namoros, vi ninhos nos galhos.
Tenho duas gatas.
E esta manhã acordei com barulhos estranhos na casa e saltei da cama a ver o que estava acontecendo. Olhei no banheiro e corri para a sala e vi: minha Lua (a gata de 9 anos) sobre uma cantoneira com um passarinho que havia entrado em casa, na boca.
Tirei-o com delicadeza da boca da caçadora (alegrei-me por ela ainda manter seu instinto, gata de apartamento que é). Mas meu coração na garganta pela cena: um filhote de bem-te-vi, bem entre as presas de minha heroína.
Corri para a cozinha já segurando um corpinho entre as palmas de minha mão. Abri a torneira do tanque, massageei coração e crânio...
Ele abriu um bico. Deu um pio longe.
Ia colocá-lo no minúsculo parapeito da janela. Para minha eterna esperança, ele abriu suas asinhas, com sangue debaixo da asa esquerda, e voou para o gramado.
Esta noite, um outro pássaro filhote visitou-me em sonho. E agora busco sentido para tudo isto.

Silvana Tavano disse...

Leda, sei bem o que você sentiu. Minha gata aprontou a mesma coisa anos atrás. Foi horrível, mas, enfim, é como você diz: constatei que a vida doméstica não tinha acabado com os instintos dela. No início, ela ficava muito nervosa, mas, hoje, só observa os pássaros na janela. Conformada, tadinha, rsrs.
Quanto ao sonho, não sei, mas o convite pra voar me parece um bom presságio, não?
beijo

Leda Lucas disse...

E, também, cuidar do voo' acho.