8 de abr de 2009

Flores, balinhas e malabares de folga

"Dinheiro eu não tenho, mas estou aqui com uma caixa cheia de livros. Quer um?" Com essa frase na ponta de língua, o editor Rodrigo Ratier, da revista Nova Escola, saiu pelas ruas de São Paulo para fazer uma experiência: oferecer um livro toda vez que alguém pedisse dinheiro no semáforo. A ideia era dar o presente e depois voltar pra conferir a sequência da história. Ele e o fotógrafo Rogério Albuquerque viram muitas cenas como essa -- crianças e adultos sentados no meio-fio, folheando o livro que tinham acabado de ganhar.

11 comentários:

MALU, SIMPLES ASSIM disse...

ADOREI essa reportagem! Até colei no meu blog!
Bjs.

Cmoon... disse...

Genial esta ideia!
Sil, vou colocar este seu post no meu blog para divulgar, adorei.
bj
:)

Ana Paula Cavalari disse...

Nossa!! assim foi dado um tesouro! vou colocar no meu blog tb!! pode, né?
beijos

Se a minha bici falasse... disse...

Que maravilha!!!! Que excelente idéia! Que coisa linda o gurizinho sentado, atracado no livro... parabéns para o autor da ideia! Bom feriado de Páscoa! Bjinho!

Anônimo disse...

Nossa, que lindo! Sou contadora de histórias, amei!

alexandre guardiola disse...

é a prova da fome de leitura.

Anônimo disse...

Silvana adorei essa postagem. È tão bom saber que ainda há ideias e pessoas geniais. obrigada e uma feliz páscoia. Eliete

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Silvana, caramba, invadi aqui e me deparo com esta cena, com este texto, e descubro que o preconceito é uma mer...cadoria...rsrs...assim que comecei a ler imaginei deles serem fotografados vendendo ou trocando os livros...confesso que me arrepiei aqui ao ler o final.
Show de bola a iniciativa...

"Nos dias em que sou atleta
Pedalo sem esquecer da meta.
Nos dias em que sou poeta
É o vento que conduz minha bicicleta"

Legal isso tambèm, na correria que ando então...um abraço na alma...parabéns pelo blog...

Flávia Padilha disse...

Oi, Silvana, genial! Vou ajudar a divulgar tb.

Anônimo disse...

sen-sa-ci-o-nal. beijo

Jannie Abrita disse...

Esse post me encheu de água os meus olhinhos esbugalhados. Juro!