5 de mar de 2009

O livro


Tenho que reconhecer: não sou moderna. Vocês têm vontade de ler assim?

(Silvana Tavano)

13 comentários:

Rafa disse...

Oie, recebi um selo, e como é de costume sempre indicar alguém, te indiquei.. Depois passe lá!

Beijocas!

Márcio Almeida Júnior disse...

Não, não tenho vontade de ler assim. Também não sou moderno.

Marcelo Maluf disse...

Meu Deus, pra onde foram as páginas??? E o cheiro??? E o que fazer com a minha coleção de marcadores???
Abração
Marcelo

shirley paradizo disse...

Sinceramente... não estou preparada para isso...

bjinhos

Silvana Tavano disse...

Como disse o Marcelo: sem página, sem cheiro, sem anotação, sem orelhinha. Sem graaaaaaaaaaaaaaaça!

garotabossanova disse...

Bom se for um livro dificil de achar não vejo mal algum, mas nada supera o prazer do folhear, do degustar com os dedos, do que o ler com as mãos tb.Eu simplesmente amei o seu blog,que coisa gostosa,que caixa de surpresas!Putz!Eu volto!Posso?

Silvana Tavano disse...

Garotabossanova da Bahia!

Obrigada -- quanto elogio gostoso de ler! Tomara que você sempre se surpreenda com as coisas que coloco nesta caixinha.

um beijo

Liene Márcia disse...

Silvana,
A leitura tem tudo a ver com a linguagem dos sentidos. Há todo um ritual que vai desde a escolha do livro até os sentimentos que a leitura dele nos desperta. Pode se tornar tão marcante que, vez ou outra o lemos novamente, citamos trechos, fazemos analogias, atiça nossas emoções...
Assim sendo, prefiro ser leitora do tipo "arcaica"!
Abraços.

Michele Prado disse...

Muuuuuito sem graça. Não quero essa modernidade toda. =/

Márcia disse...

Eu, ao contrário, quero muiiiitooo. Estou ansiosa pela nova experiência. Provocar meus sentidos, construir novas relações com as palavras, aprender a ler com outros olhos. Muito bom! Não jogo nada fora, fico com os livros todos!
Beijos, Márcia.

Cmoon... disse...

O toque, o cheiro das páginas, as figuras, o relevo da tinta das letras, a textura do papel...
Não da para ficar sem isso!
:)

Luciene Vieira disse...

Minha relação com os livros, com o papel, as capas e os cheiros disso tudo deve ser muito parecida com a de muitos leitores que chegam aqui, mas devo confessar, tenho muito desejo de conhecer esta nova ferramenta... Quem de nós imaginaria que iríamos cair de amores pelo computador, internet e afins?

Mayara Vagner disse...

Um barato até seria mas e as nossas vistas?! Como ficariam?

Abraço