11 de mar de 2009

De onde vem o exemplo mesmo?


Os jovens e as crianças leem mais que os adultos, diz a pesquisa "Retratos da Leitura no Brasil", feita pelo Instituto Pró-Livro. No placar geral, os leitores na faixa de 11 a 13 anos ganham de goleada com uma média de 8,5 livros contra 4,2 para adultos de 30 a 39.

(Silvana Tavano)

2 comentários:

Liene disse...

Olá Silvana,
Sua pergunta é pertinente e digo também que há excessões. Tenho o exemplo dos meus filhos: um lê por prazer, já o outro é o extremo oposto, lê por obrigação e depois de cobrança acirrada. Falta de incentivo não é. Aqui em casa a leitura é hábito constante. Vá entender!
Um abraço!

Eliane disse...

Prezada Silvana, meu nome é Eliane de Abreu Santoro e estou utilizando este espaço para fazer contato com você (o telefone e o e-mail seus que eu tinha eram lá da MC). Estou trabalhando no desenvolvimento de um novo selo editorial e gostaria de apresentar o projeto a você. Por favor, se possível, entre em contato comigo por e-mail ou telefone:
eliane.santoro@uol.com.br
7661-1040
Abraço.
Em tempo: parabéns pelo blog!