18 de set de 2009

Catavento

Gira, gira, gira, de braços abertos, sem sair do lugar.
O vento logo vai acordar.

(ST)
Postar um comentário