4 de nov de 2011

Calma

O coração escuta e logo começa a bater num compasso mais suave. Os pensamentos também param pra ouvir e aos poucos vão mudando de tom. Calma é assim: uma música que ecoa sem fazer alarde, mudando o ritmo de tudo dentro da gente.

2 comentários:

Maria Amália Camargo disse...

Seria tão bom se meus pensamentos parassem para ouvir a voz da razão... Mas um dia inda chego lá e danço conforme a música ;-).
Estou adorando suas definições! Maquinando algo para um futuro livro?
Ah, a curiosidade...
Muitas beijocas!

Natália Moraes disse...

Estou me redescobrindo. A calma, como nunca antes, toma conta do meu coração.