7 de abr de 2011

O primeiro sutiã

Eu ainda não tinha 12 anos quando ganhei meu primeiro sutiã. Como fui uma das primeiras a precisar do acessório, lembro que, no início, achei esquisito e ficava sem graça quando os meninos puxavam a alça só pra azucrinar. Já entre as meninas o sutiã provocou um efeito diferente: aquela sombra debaixo da camisa branca do uniforme revelava que eu já era "grande" e impunha certo respeito entre o grupo. Não é pra menos que aquele slogan publicitário fez tanto sucesso -- o primeiro sutiã a gente nunca esquece mesmo: o meu fez parte do ritual de passagem para a adolescência. Lembrei de tudo isso lendo a reportagem publicada na Folha de hoje, sobre os sutiãs confeccionados especialmente para crianças, "peças com enchimento imitando o formato dos seios"(!?!).
Confesso que fico incomodada quando vejo uma menina de 6 anos usando sandalinha de salto alto, brilho nos lábios ou fazendo as unhas no salão de cabeleireiro. Possivelmente ela já está usando ou pedindo pra mãe comprar o tal sutiã com bojo sem imaginar que, com tudo isso, não vai curtir o melhor da festa, quando chegar aos 12.

(ST)              

6 comentários:

Cristina Sá literaturainfantilejuvenil disse...

SILVANA,
Tenho a mesma preocupação.
Etapas da vida estão sendo
puladas.
Acho que tudo tem seu tempo
certo para acontecer.
bjs
Cristina Sá do blog:
http://cristinasaliteraturainfantilejuvenil.blogspot.com

Fabíola disse...

Silvana, oi!

Concordo com você, e com a Cristina. É muito preocupante notar que as crianças - principalmente as garotas - são estimuladas a se "tornar mulher" antes da hora. Esse comportamento é, muitas vezes, reforçado pelos pais, que não se dão conta da extensão e dos possíveis danos futuros do mesmo.

Maria Amália Camargo disse...

Humpf-humpf!
Alguns pequenos querem crescer rápido e não aproveitam o melhor da festa.
Ah, se eles soubessem o quanto ser criança é divertido... E como vão sentir falta disso quando forem adultos...
Confesso também ter ficado um pouco 'abalada' com a matéria.

Felipe Aço disse...

Essa eu ainda não conhecia: sutiã com enchimento para crianças? Penso que a questão da erotização da infância é um problema, principalmente em tempos de sexualização precoce e fluidez entre as etapas do desenvolvimento. É um risco enorme anteciparmos etapas, pois a maturidade não vem com as pinturas...nem com os enchimentos.
ABraços,

Anônimo disse...

...e essas crianças só estão pedindo o que já foi especialmente pensado e criado para elas, por adultos.não fico apenas incomodada, é terrível demais.
beijo
may

Silvana Tavano disse...

É isso, May, horrível mesmo. O mais chocante da reportagem da Folha são as mães "justificando" a compra do sutiã infantil. Argh.