27 de abr de 2011

No CEU


Valeu a pena encarar o trânsito e a distância pra chegar ao CEU Três Pontes, no Jardim Célia. A tarde de prosa e poesia na biblioteca lotada de alunos e professores foi muito gostosa. Só isso já teria valido a "viagem".
Mas, no meio da conversa, o professor de teatro João Júnior, que integra o PIÁ -- Programa de Iniciação Artística -- me pediu "O Lugar das Coisas" pra dar uma olhada e saiu da sala. Uns dez minutos, essa turminha aí embaixo aparece com o livro na mão, pedindo permissão pra fazer uma apresentação.
Parecia até que eles tinham ensaiado o jogral durante horas: cada um deles lia um trecho, terminando em coro no final de cada bloco. Pra fechar com chave de ouro, o próprio João entrou em cena pra segurar a garotinha na mesma posição desenhada pelo ilustrador Biry Sarkis.

Não estranhe se, de repente, algo se inverter/ De ponta-cabeça é só outro modo de ver/ Porque cada coisa tem o seu lugar/ Mas tudo sempre pode mudar/ Depende do seu jeito de olhar!


Fiquei literalmente no "céu".

(ST)

6 comentários:

Tino Freitas disse...

A gente as vezes sabe Como Começa, mas nunca como termina. Curti daqui o seu momento mágico, Silvana. Parabéns.

Cristina Sá literaturainfantilejuvenil disse...

SILVANA,
As crianças vivenciaram seu texto,
pela dramatização, pelas mensagens
sentidas...Foi a poesia se realizando pelo encontro da poeta
com seus leitores.
bjs
Cristina Sá do blog:
http://cristinasaliteraturainfantilejuvenil.blogspot.com

Maria Amália Camargo disse...

Lindo, adorei! :-D

Eunícia disse...

Nossa! Tudo de bom essa experiência! Isso sim é 'estar nas nuvens'...rsrsrs...

Claudia Regina disse...

Nossa!Amei sua aventura !!!!! Adorei seu blog.Hoje contei uma história sua para os meus alunos na aula particular " O GRANDE ENCONTRO"
Resolvi acessar o seu blog para te conhecer melhor e foi um grande prazer estar contigo.

Silvana Tavano disse...

Claudia, que legal! E volte sempre!