27 de abr de 2011

No CEU


Valeu a pena encarar o trânsito e a distância pra chegar ao CEU Três Pontes, no Jardim Célia. A tarde de prosa e poesia na biblioteca lotada de alunos e professores foi muito gostosa. Só isso já teria valido a "viagem".
Mas, no meio da conversa, o professor de teatro João Júnior, que integra o PIÁ -- Programa de Iniciação Artística -- me pediu "O Lugar das Coisas" pra dar uma olhada e saiu da sala. Uns dez minutos, essa turminha aí embaixo aparece com o livro na mão, pedindo permissão pra fazer uma apresentação.
Parecia até que eles tinham ensaiado o jogral durante horas: cada um deles lia um trecho, terminando em coro no final de cada bloco. Pra fechar com chave de ouro, o próprio João entrou em cena pra segurar a garotinha na mesma posição desenhada pelo ilustrador Biry Sarkis.

Não estranhe se, de repente, algo se inverter/ De ponta-cabeça é só outro modo de ver/ Porque cada coisa tem o seu lugar/ Mas tudo sempre pode mudar/ Depende do seu jeito de olhar!


Fiquei literalmente no "céu".

(ST)
Postar um comentário