9 de dez de 2010

O encontro

Já estou acostumada a trabalhar olhando pras maritacas, sanhaços, bem-te-vis, sabiás e tantos outros que aparecem todos os dias. O bufê de frutas da minha janela é um sucesso e certamente está sendo divulgado de bico em bico porque a freguesia só aumenta. Enquanto o prato está cheio, a casa fica lotada, a turma não sossega antes que tudo vire casca e caroço. São interesseiros e nem escondem: aparecem pra comer e logo batem asas. Alguns até dão um tempinho na plataforma, mas eu nunca tinha visto nada parecido com o que aconteceu ontem. Esses dois sabiás chegaram juntos, não tocaram nas frutas e passaram um tempão assim, olho no olho, no maior clima. De vez em quando, o da esquerda soltava um piozinho sem parar de encarar o outro, ou melhor, a outra. Não entendo nada de pássaros, mas tive certeza de que era um casal.  Depois de um desses piozinhos dele, ela respondeu com um pio tímido e virou o pescoço, como se estivesse fazendo charme. Cheguei bem perto, fiz um monte de fotos e eles continuaram desse jeito, na deles, sem dar a mínima nem pra mim nem pras bananas.                    
 Acho que a cantada do sabiá colou porque os dois sairam juntinhos, voando na mesma direção.

(ST)

8 comentários:

Juliana Valentini disse...

Sil, que delícia!
Com certeza ele a convidou para ir aí dizendo que conhecia um lugar legal onde eles poderiam comer uma comidinha gostosa e namorar um pouco! "É a casa de uma escritora bacana, você vai adorar!"
rsrsrsr
Beijo!
Ju.

Silvana Tavano disse...

oi, Juliana! Não é demais? Eu queria ter filmado, mas na hora não tive ideia. De todo modo, ia ser um filme meio monótono, rsrs... Os dois ali, paradões, só se olhando, olhando. Uma lindeza.
beijo!

Leda Lucas disse...

Oi, Silvana!

Quantos presentes; hein?
Depois dizem que vivemos em uma selva de pedra. Há muito eu desconfiava desta afirmação. Agora, aí está, em plena (con)vivência!
Abraço.

Em tempo: De presente: maticar. Palavra a ser digitada para postar o comentário. Adorei, pois tem a ver com matracar, maritacas!!!

Ricardo Soares disse...

vc é uma privilegiada...belo cenário...bj

Silvana Tavano disse...

Ricardo, poxa, há quanto tempo! Vamos inventar uma café com a Cirenza uma hora dessas? Saudades

Carla Caruso disse...

hum. Suspiros..

beijos

Amanda Mendes Araujo disse...

A beleza do Amor , até no mundo animal...Viuu ainda existe romantimo

Maria Amália Camargo disse...

Hum, a Risoleta ficaria louca com este casal...
A Turma da Janela é demais da conta!
Beijoca,