29 de out de 2010

Das palavras

Por conta de um novo trabalho, ando passeando bastante pelo dicionário. Por mais de um, aliás. Nesse vai pra lá e pra cá, de vez em quando estaciono em certas palavras por motivos de todo tipo: porque são muito longas, estranhas, novas ou simplesmente bonitas. Foi isso que me fez ficar olhando um tempão pra “melancolia”. Ela é sonora, melodiosa, mas não só. Ela conta o que é. Tem uma tristeza escondida no som de melancolia, e ela diz isso de um jeito quase doce, exatamente como o sentimento que a palavra nomeia. Também é assim com "alegria": é difícil pronunciar essa palavra sem sorrir ao mesmo tempo, de algum jeito. Já tentou?

(ST)
Postar um comentário