1 de out de 2009

Nós e as ilhas

Depois de conhecer Fernando de Noronha, Ilha de Páscoa, Canárias e muitos outros pedaços de terra cercados de água por todos os lados, minha querida amiga Lucia Herrera inventou um blog-álbum-temático, o Mundo das Ilhas, pra registrar as impressões e as imagens que ela traz de todas essas viagens. O aristogatinho-ilhado da foto vive em Reykjavik, capital da gelada Islândia que, segundo ela, é paradisíaca de um outro jeito, com uma paisagem lunar, glaciares, geisers, praias de areia escura, vulcões e muitas histórias.
A da jovem ilha Surtsey, que nasceu da erupção de um desses vulcões há pouco mais de 40 anos, me fez ficar pensando: às vezes a gente também ferve, entra em erupção e depois vira ilha. Só por um tempo, mas vira, não é assim?

(ST)

3 comentários:

ana dundes disse...

é, é assim sim, Silvana.

Anônimo disse...

Minha amiga querida, a gente vira mesmo ilha assim assim ... obrigada pela força para as minhas Ilhas. bjs. Lucia

Denise Portes disse...

Silvana
Faz tempo que acompanho seu trabalho, sou roteirista e gostaria de te fazer uma proposta de trabalho.
Você pode me mandar por e-mail um contato seu?
Meu e-mail: deniseportes.portes@yahoo.com.br
Denise