11 de ago de 2009

Arco-íris

Num dia cinza como hoje
Tudo fica azul quando vejo você de longe

Digo olá, ofereço um caramelo
Ganho um sorriso amarelo

Pra não passar em branco
Invento um tombo e manco

Com o olhar verde-desconfiado
Você pede pra ver o machucado

Fico vermelho, disfarço, engabelo
Falo do reflexo dourado no seu cabelo

Fazer o quê?
Eu vejo cores em você!


Lembrei desses versinhos porque o clima aqui em casa anda colorido por novas paixões adolescentes. Tem coisa melhor?

(ST)
Postar um comentário