19 de jun de 2009

Pinóquios


A revista de literatura infantil Imaginaria está publicando as aventuras de Pinóquio em capítulos acompanhados por imagens de ilustradores de várias épocas. A primeira é 1901 e foi criada por Carlo Chistri; a de baixo é de 1904, foi feita por Charles Copeland -- ele está bem simpático, mas senti falta do chapeuzinho. Na colorida, de 1924, a ilustradora Augusta Cavalieri desenhou um Pinóquio elegante em pose de quem está contando a maior lorota. Em 1911, no traço do artista Attilio Mussino, o Pinóquio ficou com pinta de almofadinha. Minha predileta é versão meio psicodélica de Corrado Sarri, de 1929. De todo jeito, trocentos anos depois, o boneco mudou muito de cara -- parece que só o nariz crescente continuou o mesmo.

(ST)

3 comentários:

Maria Amália Camargo disse...

Silvana! Queria saber como você faz pra achar essas preciosidades na internet. Sempre uma coisa diferente!
A Imaginaria já foi para os meus Favoritos, assim como tantas outras dicas de sites que apareceram no "Diários".
Adorei. Até amanhã!
Beijoca,

Silvana Tavano disse...

oi, Amália! Passeio sempre por lá, a Imaginaria tá na lista das "letrinhas", lá embaixo, do lado direito. Tem vários endereços bacanas lá.
Beijo, até amanhã!

cadeorevisor disse...

Concordo com você, Silvana, o psicodélico também está mais próximo de minhas fantasias infantis.

Beijo,

Pablo
http://cadeorevisor.wordpress.com