29 de ago de 2008

Fadas hollywoodianas

"Elas eram muito bonitinhas, com olhos da cor do mar e bochechas rosadas, e usavam roupas de algas marinhas e sapatinhos de conchas". Uma delicadeza de história, com ilustrações encantadoras: não é pra menos que "As Fadas da Areia", da querida amiga May Shuravel, já passou da 8a. edição, com mais mais de 30 mil exemplares vendidos, e continua inspirando não só os leitores. O também escritor João Batista Melo (autor premiado de vários livros, como o recém-lançado "O Colecionador de Sombras") adaptou a obra e transformou as
ilustrações em personagens de carne e osso -- a Laura do livro é interpretada pela atriz Julia de Victa no curta que foi selecionado pelo Minc e deve estrear na TVE Brasil em breve.

















A experiência do escritor como cineasta não é nova. Em 2004, João Batista dirigiu o infantil "Tampinha", baseado no livro da Angela Lago, trabalho premiado como melhor curta de ficção do Divercine, no Uruguai. E a carreira do novo curta também promete: "As Fadas" já foi selecionado para participar do 25th Chicago Children's Film Festival, o maior festival de cinema infantil da América do Norte e o único do gênero homologado pela Academia de Hollywood.

(Silvana Tavano)

4 comentários:

may shuravel disse...

Oi, Silvana

Demorei pra comentar,uma dúvida me assombrou: seria etiquetéticamente correto elogiar post que elogia livro meu? Se sim ou se não,posso ao menos agradecer suas gentis palavras: obrigada!
O filme ficou mesmo bem bacana,pensei em fazer uma grandiosa pré-estréia aqui em casa, com direito a café,biscoitinho e tricô.Você já está convidada, claro.
beijo
May

Silvana Tavano disse...

May, querida
Não tem nada que agradecer, o livro é lindo mesmo -- se eu não achasse, não tinha feito o post.
...
E adorei o convite! Em tmepo: tem que ter pipoca, você não colocou no cardápio... Além disso, seria bacana se a gente conseguisse dar um trailer do filme aqui no blog: será que dá????
beijo

carla caruso disse...

Estou chegando atrasada, mas já sou fã das fadas de areia há muito tempo.
É um sonho, um livro virar filme. Eu quero muito ir à pré-estréia na casa da May. Estou curiosa para ver as fadas com vestidinhos de algas marinhas...

Um beijo, Carla

saguenay disse...

Olás.
Quem chegou atrasado fui eu. Sou um internauta muito lento.
Silvana, acabo de descobrir seu blog. Estou achando muito legal.
Sobre o "Fadas da areia", o livro da May é tão bonito que fazer um bom filme a partir dele é quase inevitável.
Abraços.
João Batista Melo
P.S.: Obrigado pelas referências positivas sobre o meu trabalho.