29 de ago de 2008

Fadas hollywoodianas

"Elas eram muito bonitinhas, com olhos da cor do mar e bochechas rosadas, e usavam roupas de algas marinhas e sapatinhos de conchas". Uma delicadeza de história, com ilustrações encantadoras: não é pra menos que "As Fadas da Areia", da querida amiga May Shuravel, já passou da 8a. edição, com mais mais de 30 mil exemplares vendidos, e continua inspirando não só os leitores. O também escritor João Batista Melo (autor premiado de vários livros, como o recém-lançado "O Colecionador de Sombras") adaptou a obra e transformou as
ilustrações em personagens de carne e osso -- a Laura do livro é interpretada pela atriz Julia de Victa no curta que foi selecionado pelo Minc e deve estrear na TVE Brasil em breve.

















A experiência do escritor como cineasta não é nova. Em 2004, João Batista dirigiu o infantil "Tampinha", baseado no livro da Angela Lago, trabalho premiado como melhor curta de ficção do Divercine, no Uruguai. E a carreira do novo curta também promete: "As Fadas" já foi selecionado para participar do 25th Chicago Children's Film Festival, o maior festival de cinema infantil da América do Norte e o único do gênero homologado pela Academia de Hollywood.

(Silvana Tavano)
Postar um comentário