30 de ago de 2008

Diários da bicicleta


(Cartier Bresson, 1932)

Um comentário:

may disse...

Que lindeza...
Impressionante, o tempo vai passando mas, sempre que a gente se depara com uma foto desse rapaz, tem a impressão de que acabou de ser clicada, tanta surpresa e frescor que a imagem apresenta.Será que o ciclista já chegou no fim de rua?
beijo
May