25 de mar de 2008

Quem não leu "Marcelo, Marmelo, Martelo"?

Na foto, ela tinha só um aninho. Setenta e cinco anos e mais de 100 livros infantis depois, a cadeira 38 da Academia Paulista de Letras passa a ser ocupada pela escritora Ruth Rocha.



5 comentários:

Sabina Anzuategui disse...

Não é linda a adaptação que ela fez da Ilíada?

Anônimo disse...

Não é fofíssima? A Ruthinha?
Quem não leu, não sabe o que perdeu...
beijinho
Trudy

Marcio disse...

Li quando saiu na revista Recreio, lá no finalzinho da década de 60 ou iniciozinho da década de 70. Ruth Rocha para a ABL!

Jornalista de Araque disse...

Eu não li, mas confesso que me arrependo. E não sei dizer por quanto tempo permanecerei arrependido!!!
Abraços do Jornalista de Araque e parabéns pelo excelente Blogue.

Maria Olindina disse...

Olá,
As crianças adoravam ouvir a linguagem que Marcelo inventou:
- Mamãe, quer passar o mexedor?
- Mexedor? Que é isso?
- Mexedorzinho, de mexer café
- Ah... colherinha, você quer dizer.
- Papai, me dá o suco de vaca?
- Que é isso, menino!
- Suco de vaca, ora! Que está no suco-da-vaqueira.
- Isso é leite, Marcelo. Quem é que entende este menino?

Será que nossos professores dão oportunidades às crianças de escrever a história de um menino ou menina que também inventou um jeito diferente de falar?

BIRIQUITOTE!
XEFRA!
Parabéns pelo excelente Blog! e viva a criatividade.
Olindina*