1 de fev de 2013

Sorte

Sei que muita gente conta comigo, e eu fico feliz quando dá pra contribuir. Mas, sabe como é, meu melhor amigo é o Acaso e ele me influencia demais. Às vezes planejo uma coisa, só que acabo fazendo outra porque ele aparece com alguma novidade e pronto: me distraio. Acontece que não resisto aos convites dele, mesmo quando a gente não faz nada de especial. No fundo, no fundo, somos muito parecidos. Também gosto de ficar por aí, circulando sem compromisso. Engraçado é que nesse pralapracá cruzo muitas vezes com certas pessoas. Tem uns que topam comigo o tempo todo, eu mesmo me surpreendo! Sei lá, de vez em quando desconfio que esses encontros e desencontros são obra do Acaso. Ele se faz de desentendido, mas, será que não sabe direitinho pra onde está me empurrando?
Sendo 100% sincero, pra mim, tanto faz. Afinal, todo mundo sempre me recebe de braços abertos, não tem quem não goste de cruzar comigo. Bom, sendo 101% sincero... Depende. É que vira e mexe o Acaso resolve aprontar e me lança pelos ares, só de farra. Daí a coisa pode complicar: dia desses, caí com tudo em cima de um gato. Pois é, o rato não gostou nadinha de me ver.

Postar um comentário