26 de mar de 2012

Álbum de viagem


Viajar é bom, e voltar com a cabeça cheia de histórias é melhor ainda. Nada melhor do que passar três dias zanzando pelos pavilhões da Feira de Bolonha, com tempo pra me perder entre livros e ilustrações de todos os lugares do mundo, e contando com a sorte de conhecer e poder conversar com autores que tanto admiro, de Suzy Lee a Lygia Bojunga, encontros especiais e coisas encantadoras que a gente só vê quando está usando óculos de turista. O dia era assim: anda pra cá, gira por lá, vê uma exposição, vai xeretar uma palestra e a pausa para o cappuccino era sempre no estande da Callis.      
Este ano, as imagens dos novos livros da Maria Eugenia decoraram o estande da Callis: na foto da Taline Schubach dá pra ver a carinha da Joana, ou melhor, da "Giovanna", convidando pra entrar e folhear os livros dos autores brasileiros.      

Eu, Claudia Souza e Maria Eugenia tietando os nossos "Come Comincia", "La Principessa che Salvava Principi" e "Macchia, La Ragazza Mal Disegnata".
Com o Daniel Kondo e o nosso "Pssssiu!"lá no fundo, posando todo pimpão com a faixa de ganhador do Prêmio João de Barro.
Postar um comentário