27 de jul de 2010

Voltar


Depois de uma parada, experimento o pedal, sinto o giro da roda, engato a marcha e entro devagarzinho no ritmo do dia a dia, circulando pelos caminhos de antes com olhos novos.

A ilustração é do Sempé, o criador do "Pequeno Nicolau".

(ST)
Postar um comentário