26 de jul de 2010

Parafuso horário

Acordo com vontade de comer pastel de nata, lembro do café com Fernando Pessoa na praça do Chiado, em Lisboa, e me sinto meio estrangeira em minha própria casa, vendo as coisas de sempre de um jeito diferente, como os livros de Machado de Assis na vitrine de uma livraria holandesa.




(ST)
Postar um comentário