19 de fev de 2010

O leitor

Oito ou nove anos. Moreno, bem bonito. Sentado no chão num canto da livraria. Fiquei curiosa, cheguei mais perto, fazendo de conta que procurava alguma coisa. Ele não se mexeu, nem desviou os olhos. Fui para o café e sentei num lugar estratégico só pra ficar olhando de longe, através da porta de vidro, aquele menino encostado na estante, um menino dentro de um livro.

(ST)
Postar um comentário