26 de set de 2013

Poção

De repente sou a menina que queima a língua sem paciência de esperar o chocolate esfriar.
Às vezes o passado reaparece assim: numa noite fria, com um gosto doce e urgente.
Postar um comentário