27 de jul de 2012

Calma! (2)

A professora nem termina a pergunta e o menino já salta da carteira, braço esticado, olhos ansiosos piscando: eu sei, eu sei, eu sei. Mas quando a classe vira silêncio e todos olham pra ele, a resposta tropeça na ponta de língua, engasga e desmancha, deixando a certeza de rosto vermelho.

Nenhum comentário: