15 de jun de 2013

Ovelhinhas*

Ovelha, ovelhinha
Quem mandou sair da linha?

Num rebanho tão obediente
Que história é essa de ser diferente? 

E não é que outra segue bem animada
Atrás da ovelhinha desgarrada? 

E mais uma e duas e de repente 
Quantas ovelhinhas transviadas! 

Lá vão as desencaminhadas
Berram velhas ovelhas, indignadas

O que querem essas danadas?
Pasmam tantas ovelhas, atordoadas

Em busca de um novo caminho
Canta a ovelha, ovelhinha:

Se essa rua se essa rua
Fosse minha    
...
*As ovelhas da querida Noemi Jaffe deram cria por aqui.
Postar um comentário