15 de jun de 2013

Ovelhinhas*

Ovelha, ovelhinha
Quem mandou sair da linha?

Num rebanho tão obediente
Que história é essa de ser diferente? 

E não é que outra segue bem animada
Atrás da ovelhinha desgarrada? 

E mais uma e duas e de repente 
Quantas ovelhinhas transviadas! 

Lá vão as desencaminhadas
Berram velhas ovelhas, indignadas

O que querem essas danadas?
Pasmam tantas ovelhas, atordoadas

Em busca de um novo caminho
Canta a ovelha, ovelhinha:

Se essa rua se essa rua
Fosse minha    
...
*As ovelhas da querida Noemi Jaffe deram cria por aqui.

Um comentário:

Nequéren Reis disse...

Olá!!!, Deus seja contigo, seu blog é um show amei o seus post A-R-R-A-S-O-U , sucesso, já estou te seguindo. Minhas amigas eu agradeço a Deus e a você por 1.000 participante e agora estou fazendo um sorteio no meu blog pela a meta comprida, e espero você lá no meu blog.Curta e participe do meu blog, fan page, twwiter, instragam e canal youtube.
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/