26 de jan de 2013

De volta

(...)
Sentei-me perto, muito perto da avó Agnette.

Ficamos a olhar o verde do jardim, as gotas a evaporarem, as lesmas a prepararem os corpos para novas caminhadas. O recomeçar das coisas.

-- Não sei onde é que as lesmas sempre vão, avó.

-- Vão pra casa, filho.

-- Tantas vezes de um lado para o outro?

-- Uma casa está em muitos lugares -- ela respirou devagar, me abraçou. -- É uma coisa que se encontra.
(...)

Trecho do livro "Os da Minha Rua", de Ondjaki, um dos lugares maravilhosos que visitei nas férias.

2 comentários:

Anônimo disse...

Outro trecho do mesmo livro : "A vida às vezes é como um jogo brincado na rua: estamos no último minuto de uma brincadeira bem quente e não sabemos que a qualquer momento pode chegar um mais-velho a avisar que a brincadeira já acabou e está na hora de jantar. A vida afinal acontece muito de repente (...). Nós, as crianças, vivíamos num tempo fora do tempo, sem nunca sabermos dos calendários de verdade."
Adore seu blog! Abraço!Alessandra

Silvana Tavano disse...

obrigada, Alessandra!
É uma delícia compartilhar livros maravilhosos como esse!
um beijo