9 de dez de 2012

O passado

No porta-retrato, a infância do filho e a presença da mãe: era um domingo e eu não sabia que estava fotografando a saudade.

3 comentários:

Maria Amália Camargo disse...

Linda foto!!!

Eunícia disse...

A beleza doeu no meu peito.

Leda Lucas disse...

Aqueles domingos!!! A última vez que vi minha mãe viva, eu estava com a câmera, mas não fotografei nada naquele dia.
Agora, somente um eco de sua voz brava com o resultado da eleição municipal, e a pergunta que nunca cala:
Por que não fiz, pelo menos um filminho gravando seus gestos, tão seus?
Muita saudade!