31 de ago de 2010

Palavra-agulha

Só com ela a gente consegue furar o tecido e penetrar na trama, descobrir o avesso, e voltar, uma, duas, mil vezes, alinhavando as ideias até o ponto final.

(ST)
Postar um comentário