25 de ago de 2010

Alegria

A voz do menino entra pela janela, dribla os móveis da sala, sobe até o teto e marca gol na parede.

(ST)
Postar um comentário