15 de dez de 2008

Fim de ciclo (2)

Este ano: muitos centímetros, outra voz
E você, espelho do tempo veloz

Sempre: o gesto, o olhar, aquela expressão
E você, espelho do tempo do coração
...

A 8ª série acabou. Olho pro meu filho e me emociono: tudo está começando.

(Silvana Tavano)

4 comentários:

Anônimo disse...

Sil,
Danada essa vida de mãe e pai, né?!
A gente sempre desejando que eles cresçam. Mas que isso aconteça só daqui a pouquinho. Agora, não! Agora é hora de ficar debaixo da asa. Daqui a pouco podem voar sozinhos!
Beijos,
Patricia

Silvana Tavano disse...

oi Patricia,
é isso mesmo... ainda não descobri quando é esse "daqui a pouco" que você menciona... lá pelos 30, talvez? (rsrs).
beijo!

may disse...

Silvana
Pelo lindo texto, a gente vê que você sabe de tudo...Acho que mães brincam de assustadas.No fundo, de vera, todas sabem que o "espelho do tempo do coração" é assim e assim será.Sempre.
Curta a festa!Chore muito!Ria mais ainda! Babe!
beijo
may

Anônimo disse...

que lindo poema! Só alguém tão amado para inspirá-lo.
me emocionou muito, silvana. Tanto e menino bonito quanto a poesia estão crescendo na sua vida.

beijos,
Déborah