22 de set de 2007

Poesia agridoce


Sua pele é de um claro tecido,
Todo costurado e refeito.
Muitos alfinetes coloridos
Despontam-lhe à altura do peito.

Olhos que giram como discos
Ela possui dois belos pares.
Olhos de poderes hipnóticos:
Olhos de apaixonar os rapazes.

Rapazes que coloca em transe,
Como verdadeiros zumbis.
É o caso de um zumbi francês,
Que depois só dizia: "Oui, oui".

Mas ela também tem uma sina
Que jamais pode ser quebrada:
Se alguém dela se aproxima
Seu coração sente as espetadas.

("Garota Vodu" faz parte do livro "O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra e Outras Histórias", de Tim Burton, da editora Girafinha)

3 comentários:

Biti Averbach disse...

adorei tudo, Sil, o poema, o blog, o nome! continue firme e forte, blogueira! bjão

José disse...

Silvana

Que beleza de blog. Existe um campo enorme para trabalhar, conte com a gente. E obrigado pelo link do cronopinhos.
Abração

José Santos

Jeanne Callegari disse...

tim burton é tão legal! eu tenho esse livro, adouro.
silvana, pensando no nome do seu blog, me lembrei de amsterdã e das milhares de biciletas que tem lá... tenho umas fotos que tirei no congresso, depois te mostro! bicicletas e mais bicicletas!
abraço,