30 de abr de 2014

O lugar das coisas

Foi uma delícia conversar com os pequenos do Colégio Elvira Brandão sobre "O Lugar das Coisas" e aprender mais essa: "olha só como as coisas vão mudando de lugar!".

24 de abr de 2014

De novo, tão novo

dois sonhos:
ter um livro ilustrado pela maravilhosa Maria Wernicke
e levar um texto antigo para uma casa nova

uma enorme felicidade:
"Longe", de novo, e tão novo nos traços delicados da querida Maria, saindo em maio, pela Salamandra.

19 de abr de 2014

Escrever

Dias atrás, li e me encantei com a frase do escritor Sérgio Rodrigues:
"Escrever um romance é como dirigir na neblina".
...
Devagar e às cegas, às vezes durante longos percursos, vislumbrando o caminho em alguns trechos, quando a névoa, mais rala, deixa entrever o que está logo adiante. E então tudo clareia.

10 de abr de 2014

cantiga (7)

a chuva molhou a rua
depois de um dia de sol
a tarde chorou baixinho
calou até o rouxinol

a noite chegou mais cedo
a lua não apareceu
a rua ficou escura
e o mundo entristeceu

(*) o cravo brigou com a rosa
     debaixo de uma sacada
     o cravo saiu ferido
     e a rosa despedaçada


     o cravo ficou doente
     a rosa foi visitar;
    o cravo teve um desmaio
    a rosa pos-se a chorar

7 de abr de 2014

cantiga (6)

estrela da noite
que brilha pra mim
eu faço um desejo e o céu me diz sim

estrela da noite
que brilha assim
me diz que os sonhos também não têm fim    

(*) coelhinho da Páscoa
      que trazes pra mim? 

     um ovo, dois ovos, três ovos assim 
     coelhinho da Páscoa
     que cor eles têm?

     azul, amarelo, vermelho também 

4 de abr de 2014

Instruções para identificar anjos

1. Perto de todo bebê sempre tem um anjo. Às vezes, dois ou até mais. Nesse caso, não se trata de privilégio -- é só uma questão de oferta e demanda: por acaso, alguns bebês nascem em épocas em que um grande número de anjos simplesmente está desocupado. Acontece.

2. Os que assumem a guarda logo de cara cuidam de transformar em música os primeiros sons que o bebê escuta quando chega ao mundo. E que não se pense em querubins tocando harpa! Anjos compõem suas melodias com outras notas -- voz de mãe, conversa de passarinho, barulho de chuva e até chiado de vento.

3. Conforme vão crescendo, os bebês passam a ser guiados por anjos mais ágeis, dotados de grande capacidade de correr ou voar rapidamente, além de uma incrível perspicácia: são capazes de prever e evitar um número enorme de acidentes, atentos a degraus, objetos pontiagudos, vidros, piscinas, lareiras, fogões, ferros de passar e tudo o que faz parte do mundo ainda tão pequeno.

4. Depois dos primeiros anos, esses guardiões são substituídos por anjos mais interativos, que às vezes até sopram ideias, gostam de despertar curiosidades e acompanham as primeiras aventuras. E, claro, protegem -- nunca esquecem de ser anjos.

5. Os anjos continuam por perto -- talvez não tão perto, mas conectados --, durante muito tempo. A vida toda até. É só chamar, eles estão a postos. 

2 de abr de 2014

cantiga (5)

Joaquim, gatinho danado
apareceu lá em casa
e foi logo entrando sem ser convidado
Foi só miar
de um jeito amoroso
pra me conquistar, que gato tão dengoso!

Joaquim, gatinho miúdo
como é que consegue
comer tão depressa e acabar com tudo?
Foi só me olhar
de um jeito azulado
pra me conquistar, que gato mais safado!

Joaquim, gatinho bagunceiro
some de repente
pra ser encontrado sob o travesseiro
Foi só pular
direto no meu colo
pra me conquistar, que gato mais faceiro!

(*) Alecrim, alecrim dourado/que nasceu no campo/sem ser semeado
Foi meu amor/que me disse assim/que a flor do campo é o alecrim

Alecrim, alecrim miúdo/
que nasceu no campo/perfumando tudo
Foi meu amor/que me disse assim/que a flor do campo é o alecrim

Alecrim, alecrim aos molhos/por causa de ti/choram os meus olhos
Foi meu amor/que me disse assim/que a flor do campo é o alecrim

1 de abr de 2014

cantiga (4)

de onde é que o menino
tira tanta alegria?
como é lindo o menino
seu sorriso é poesia

como poderei viver?
como poderei viver?
sem a sua, sem a sua
sem a sua companhia

(*) como pode um peixe vivo 
      viver fora d'água fria
      como pode um peixe vivo
      viver fora d'água fria?
      
      como poderei viver?
      como poderei viver?
      sem a sua, sem a sua
      sem a sua companhia